terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Lançamento 2015: Jem and the Holograms (EUA)

Mais um lançamento inusitado em 2015 (nos EUA): Jem and the Holograms. Além de Uneatable Squirrel Girl que sai pela Marvel a partir de janeiro, teremos esta banda de desenho dos anos 80 marcando presença nas bancas da terra do Tio Sam a partir de março pela IDW (Danger Girl, GI Joe, Judje Dredd, Godzilla). O roteiro ficará por conta de Kelly Thompson ("Storykiller," "The Girl Who Would Be King") e a arte por conta de Ross Campbell ("Glory," "Teenage Mutant Ninja Turtles"), além disso Sara Richard ("My Little Pony," "Kitty and Dino") irá fazer as capas variantes de assinaturas. Confira abaixo o press release oficial:

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Lançamento 2015: The Unbeatable Squirrel Girl (EUA)

Você não está lendo errado: Squirrel Girl ganha uma publicação própria a partir de janeiro de 2015. Confira abaixo o release (em inglês) e as primeiras páginas já liberadas (clique para ver em tamanho maior):


terça-feira, 25 de novembro de 2014

Quadrinhos de presente

Semana passada chegaram alguns quadrinhos que a Nanda, do Arca de Rabiscos me mandou. São 3 gibis, sendo 2 deles da Disney e um da turma da Mônica. Claro que já fiz vídeo e agora posto aqui também algumas fotos e informações.



quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Minha Coleção #4: Tio Patinhas

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Tex: muito emocionado

Estes dias terminei de ler Tex em Cores 1 - O Totem Misterioso e adorei. Mas antes de fazer a resenha (não estou muito para resenha estes dias) resolvi compartilhar alguns dos momentos em que nosso herói esteve mais emocionado (#sarcasmo).

Tex chateado ao ter seu chapéu perfurado por uma bala

Tex surpreendido com a emoção de Joan ao ver que Tex está bem

Após a briga, nada como pagar uma bebida ao perdedor

Ele também é um cara sensível, claro

Então é isso pessoal, para quem quiser ver um pouco melhor esta edição, o vídeo abaixo (já postado anteriormente no blog) mostra um pouco dele.



quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Compras de outubro

Finalmente chegou Monstro do Pântano e Hellblazer aqui! Pena que deram mancada no tamanho das capas.


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Folheando: Strangers in Paradise e Capitã Marvel 2

Mais 2 videos mostrando as páginas de HQs.





terça-feira, 30 de setembro de 2014

Minha coleção #3: Mônica e Parque da Mônica

Mais um vídeo no canal, confiram!





segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Compras de HQs da semana: 15 a 21/set

Depois de muito tempo, finalmente comprei mais uns quadrinhos: foi um novo na banca, e 3 de sebo que comprei no fim de semana lá em Jaraguá do Sul. Vamos à lista:


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Minha bunda é menos aceitável que a sua: Duplo padrão nas críticas a HQs

Tivemos este mês a polêmica da capa variante de Spider-Woman #1, prevista para ser lançada em novembro. Antes que comecemos a discussão é importante lembrar uma coisa: É UMA CAPA VARIANTE. Lá nos EUA (e agora um pouco aqui), cada publicação possui 3 ou 4 capas variantes, que são voltadas para colecionadores, ou simplesmente para quem não curtiu a capa normal e quer algo diferente. Esses dias eu postei capas variantes da Marvel no mês de combate ao bullying. Além dessas capas, também são feitas as 'capas em branco', onde há apenas a logo e numeração da revista, e vários desenhistas adquirem estas edições para vender revistas com suas próprias capas tanto no Ebay como em eventos como a San Diego Comic-Con. Ou seja, qualquer um que não goste da capa do sr. Manara está livre para comprar a capa normal, que por ser 'a capa normal', é a capa regular que você vai acabar pegando se simplesmente for na banca pedir a revista.


Capa RegularCapa Variante (provavelmente uma das várias)

É claro que ao ver a capa alternativa feita por Milo Manara muitas pessoas, sites e revistas 'especializadas' ou não, resolveram começar a culpar todos os problemas de sexismo por causa das capas de quadrinhos. Acontece que os argumentos foram os inocentemente errados aos absurdamente raivosos e impensados, e é ESSE o grande problema que venho tratar aqui, usando como base o vídeo do Maddox, que foi por onde eu tomei conhecimento da polêmica.  Vamos então aos 'argumentos':


sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Pato Donald - Perdidos no Minecraft

Recentemente postei aqui no blog sobre a história The Dream of a Lifetime / Uma Vida de Sonho, onde Patinhas e Donald vivem uma aventura que foi copiada serviu de inspiração para o filme A Origem (Inception). Agora vou mostrar uma aventura do Pato Donald bem conhecida entre os fãs, e que foi criada por ninguém menos do que Carl Barks em 1948 (publicada em 1949): Lost in the Andes/Perdidos nos Andes. Já o jogo Minecraft explodiu em 2011, e nos apresenta a um mundo todo formado por cubos, onde o personagem principal (feito de cubos) deve explorar, sobreviver e construir (com cubos). Para o jogo foi uma ótima proposta utilizar propositalmente gráficos de baixa qualidade para dar ao mundo uma sensação e um aspecto bem originais. Algo certamente bem inovador e original, exceto por já ter sido feito no final dos anos 40.


terça-feira, 9 de setembro de 2014

Meus quadrinhos #2: Gaveta 1 parte 1

Mais um videozinho pra vocês. Vocês acham que está tremido demais, ou dá pra ver assim?


E em seguida, ainda essa semana, mais uma história dos patos que serviu de inspiração para a criação de algo famoso.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Marvel: Capas variantes para o mês de combate ao bullying

A Marvel anunciou ontem que se uniu ao STOMP Out Bullying para um programa de conscientização anti-bullying que será realizado em outubro. STOMP Out Bullyiing é a maior organização dos EUA na prevenção ao bullying e cyberbullying para crianças e adolescentes.






Fonte: ComicBook.com

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

The New Ghostbusters

Eu estava a fim de ler esse comic desde que começou a ser lançado em fevereiro de 2013, mas por questão de $$$ acabei deixando pra depois, e depois, mas a pouco tempo atrás peguei ele em promoção e devo dizer: valeu a pena!



segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Mostrando a Coleção #1 - As Gavetas de HQs e Mangás

Vídeo apresentando a minha coleção de quadrinhos. Depois gravarei outros mostrando mais detalhadamente :)

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Tio Patinhas e Inception

Inception (no brasil A Origem) foi O grande lançamento de sua época, e tanto a audiência como a crítica especializada ficaram pasmos com o quão original o filme era. Foi pioneiro em uma nova mecânica de histórias, com compartilhamento de sonhos e roubo através deles, limbo psicológico e o escape do subconsciente através de gatinhos específicos. São sem dúvida ótimos artifícios para a contagem de histórias, e que podem ser rastreados até Patinhas.



Em uma história de 2002 (The Dream of a Lifetime/Uma Vida de Sonho), 8 anos antes do filme de Christopher Nolan, Patinhas tem a sua mente sequestrada pelos Irmãos Metralha, que estavam tentando uma nova carreira de ladrões de sonho, e entram na mente de Patinhas para roubar a combinação para o seu cofre. Se isso lhe parece familiar, é por que é exatamente assim que Inception começa, basta trocar DiCaprio por cachorros falantes. Após estarem dentro da mente de Patinhas, os Metralhas tem dificuldades de diferenciar sonhe de realidade, novamente como no filme, em que se usam items especiais (ou 'totems') para separar sonho da realidade.




Quando Donald entra no sonho de Patinhas para ajudar, ele descobre uma maneira de lidar com os Metralhas. No filme, são utilizados "kicks" para forçar a saída, pois morrer ou sentir muita dor no sonho pode acordá-los. Na mente de Patinhas, eles fazem... exatamente a mesma coisa.



Para escapar do perigo, Patinhas começa a pular de sonho em sonho, mas como o personagem de Cillian Murphy, ele não consegue se lembrar do último sonho quando chega no novo. Já Donald é o invasor, assim como DiCaprio, então apenas ele pode se lembrar da progressão.



Mas inception é um thriller de ficção científica, esta é a chave de seu sucesso: utiliza conceitos metafísicos, como sonhos lúcidos (Lucid Dreaming), e os utiliza para 'abastecer' a ação. Os personagens não podem quebrar as regras, mas podem "imaginar uma arma maior", o que dificilmente é algo que você veria em um quadrinho do Tio Pat...

O que eu ia dizer mesmo?


E claro que alguns podem dizer: mas peraí, tem o Limbo! Bem, ao menos este é definitivamente um trabalho exclusivo do nosso gênio do mal favorito... Professor Pardal!



Todos estes trechos são da mesma história, e não um conjunto de painéis aleatórios feitos ao longo dos anos, e colocados juntos só para provar um ponto. Então temos também a esposa de DiCaprio que ainda está viva apenas em seus sonhos. E mesmo isso foi feito no quadrinho. Goldie é a antiga namorada de Patinhas, que pode até não estar morta, mas eles não se vêem já faz 50 anos. E... ela está no mundo dos sonhos por que Patinhas carrega uma grande culpa pela maneira como ele a tratou: ele a sequestrou e a atormentou. Mais ou menos como a culpa que DiCaprio sente, acreditando que ele matou a sua mulher, a quem ele sempre visita em seus sonhos.



Nolan nunca comentou sobre as semelhanças entre as duas histórias, provavelmente por que não há muito que ele possa dizer alem de "ahhhh... droga". Ele nunca mencionou de onde tirou a inspiração para o seu filme, imagino que seja por que "Eu devo tudo ao Pato Donald" seja meio embaraçoso de se dizer no discurso do Oscar. Nolan pode até 'não saber' de onde veio sua inspiração, mas nós certamente sabemos...

Fiquem ligados no blog para mais 4 invenções dos nossos patos favoritos.

Fonte: Cracked

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Blacksad - Investigação policial nos anos 50

Ganhei de aniversário os dois primeiros volumes desta HQ, que até então não conhecia. O meu amigo comentou que é um de seus quadrinhos favoritos, então resolvi mostrar ele para vocês. Ainda não li, e a resenha mesmo vai ficar para outro post, então vou focar nas informações básicas sobre ela.



A série foi criada pelos espanhóis Juan Díaz Canales e Juanjo Guarnido, e publicada pela editora francesa Dargaud, tanto em francês como em espanhol. Já foi traduzida para Búlgaro, Catalão, Chinês, Croata, Dinamarquês, Holandês, Tcheco, Inglês, Finlandês, Alemão, Grego, Italiano, Japonês, Norueguês, Polonês, Português, Russo, Sérvio, Sueco e Turco. Ela consiste em 5 capítulos, dos quais os 2 primeiros foram lançados no Brasil pela Panini:
  1. Somewhere Within the Shadows;
  2. Arctic Nation;
  3. Red Soul;
  4. A Silent Hell;
  5. Amarillo.
As histórias se passam nos EUA do final da década de 50, e possuem aquele clima noir das histórias de detetive dessa época. Todos os personagens são animais antropomorfizados, e sua espécia/raça refletem sua personalidade, tipo de personagem e papel na história. Por exemplo, os policiais em geral são cachorros ou raposas, enquanto os personagens do 'submundo' são répteis ou anfíbios. A arte é muito bonita, com desenhos bem detalhados feitos em aquarela.


Personagens Principais


  • John Blacksad - Um gato preto que trabalha como investigador privado. Foi criado em uma vizinhança pobre, e passou boa parte de sua juventude fugindo da polícia. Isto e mais o fato de que serviu na 2ª Guerra Mundial provavelmente contribuíram para suas habilidades de tiro e luta acima do normal. Como é comum em histórias de detetive deste gênero, Blacksad narra suas próprias histórias, acrescentando comentários cínicos sobre o que há de errado no mundo a sua volta. Azarado no amor, ele parece nunca conseguir um relacionamento duradouro, muitas vezes por circunstâncias além de seu controle. Usualmente veste um terno preto e um sobretudo, e usa o nome de John H. Blackmore, ou outras identidades falsas;
  • Weekly - O ajudante ocasional de Blacksad, uma doninha marrom que não gosta de água e sabão, e possui um problema de odor. Possui uma atiture otimista quase constante, e trabalha como jornalista investigativo para um tablóide;
  • Smirnov - Comissário de polícia e amigo de Blacksad, um pastor alemão que algumas vezes ajuda Blacksad a alcançar ricos e poderosos que ele próprio não poderia tocar devido a 'pressões superiores'.



Abaixo, confiram o vídeo em que mostro as páginas dos dois volumes que saíram em português.


A Amazon possui a versão capa-dura (em inglês) para venda - Confira Aqui!
Mais informações: Wikipedia

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Boule e Bill: Meu Melhor Amigo


FICHA TÉCNICA

Título original: Boule & Bill 32 - Mon Meilleur Ami
Páginas: 48
Formato: 20 x 27,3
Acabamento: brochura
Editora: Editora Nemo
ISBN: 9788564823525
Editora origem: Dargaud
Código: 11018
Edição: 1
Site Oficial
A deliciosa série Boule & Bill nos apresenta um menino de 10 anos, esperto e aventureiro, e seu melhor amigo, um Cocker preguiçoso, bagunceiro e louco por um osso. A cada página, temos uma situação diferente, sempre com bastante humor e com um desenho detalhado e cativante. Enorme sucesso na Europa, a série Boule & Bill ganha mais um volume pela editora NEMO, com novas situações engraçadas, que conquistarão leitores de todas as idades.
Pessoal, esse quadrinho é muito legal, pois é tanto bonito e 'fofinho' como divertido e irreverente. Uma leitura bem leve e gostosa, ideal pra quando você quer dar uma quebrada no ritmo e fazer uma pausa. Como cada página é uma historinha, dá pra ler conforme a sua vontade e disponibilidade, sem achar que tem que ler mais um pouco pra finalizar um capítulo ao algo do gênero. Esse foi o meu primeiro contato com os personagens, e espero que não seja o último, pois as aventuras e desventuras que ambos enfrentam lado-a-lado são muito divertidas. Vale mencionar também a tartaruga Caroline que em algumas histórias dá um 'quê' a mais.




Quem têm ou teve algum cachorro mais aprontão vai se identificar muito em algumas situações, seja se colocando no lugar do garotinho Boule, ou de seus pais, que sofrem nas mãos (e patas) dos dois. A Nemo está de parabéns pela escolha desta série, e eu ainda penso em comprar mais alguns desses. Será que a Nemo não pensa em vender um box com todos os que eles já lançaram? Ia ser bom!

Para quem se interessou, o preço de capa é R$14,90, mas no Submarino ele tem um descontinho legal. Caso esteja em falta lá, você também pode conferir no Buscapé.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Organizando a coleção #5

No final do mês passado dei mais uma limpada em alguns quadrinhos da coleção. Claro, aproveitei e fiz vídeo pra vocês. Após as fotos, confiram o vídeo.


terça-feira, 8 de julho de 2014

Adaptações que Gostaríamos: A História Sem Fim

Não há dúvidas de que o filme (ou série de filmes) A História Sem Fim fez parte da infância de muita gente. O primeiro filme lançado em 1984 é uma adaptação do livro germânico de mesmo nome (no original: Die Unendliche Geschichte), e na época foi o filme mais caro produzido fora dos EUA e URSS. Para quem não lembra, segue a sinopse do filme:


Bastian (Barret Oliver, de Cocoon) é um garoto sonhador, que usa a imaginação como refúgio para os fatos que o entristecem, como as provas de Matemática, brigas na escola e, especialmente, a recente perda de sua mãe. Um dia, o garoto a caminho da escola briga com outros colegas, foge, e acaba parando numa livraria, onde toma conhecimento de um livro chamado "A História Sem Fim". A leitura do livro o transporta ao fantástico mundo de "Fantasia", habitado por um caracol de corrida, um morcego planador, um dragão da sorte, elfos, uma Imperatriz Criança, o valente guerreiro Atreyu e uma pedra ambulante chamada Come-Pedra. O jovem começa a visualizar o que lê. A imperatriz que governa "Fantasia" está morrendo e, junto com ela, todo aquele mundo habitado por criaturas maravilhosas. Um jovem guerreiro é a única esperança para encontrar a cura para a doença da imperatriz e impedir que aquele mundo fosse engolido pelo "Nada".

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Compras de Junho

Minhas compras do mês de junho. Saiu em dois vídeos por que eu gravei o primeiro dia 30 de tarde, e a noite um amigo meu me avisou que os comics da Amazon tinham chego, e eu fui na casa dele buscar (ele mora perto).

 




Notas

A HQ do Recruta Zero está esgotada. De qualquer maneira, abaixo estão os links para Corpse Party e os comics importados.

Corpse Party: Livraria Saraiva

The Mask: Amazon | BookDepository (Frete Grátis)

Sex Criminals: Amazon | BookDepository (Frete Grátis)

domingo, 29 de junho de 2014

Tex e os Aventureiros #2

Comprei esta semana um volume de Tex e os Aventureiros, almanaque contendo 6 histórias inéditas da Bonelli Comics, sendo 5 curtas (até 32 páginas) e uma longa. Nesta edição a história longa é de Zagor: Aventura no Canadá. Achei uma boa oportunidade para conhecer mais desse universo de quadrinhos italianos que recentemente chamou a minha atenção e tem me agradado.









Tex está em uma curta história de perseguição a bandidos, nada de excepcional, mas uma aventura curta e interessante mostrando o ranger do Texas pegando mais uns caras maus. 4 estrelas.




Em seguida temos uma historia de Martin Mystere que envolve viagem no tempo. Gostosinha e serviu para mostrar um pouco desse personagem em uma história 4 estrelas. Já 'O herói que não está no gibi' apresenta um misteriozinho até que interessante, mas que me deixou completamente perdido no que seria o Nick Raider, que só aparece em poucas páginas e praticamente não faz nada. É a 2a de uma série de 5 histórias envolvendo o mesmo garoto viajando de trem. 3 estrelas por que não foi uma boa escolha de história para quem não conhece o personagem.



Falando em conhecer o personagem, outra historia bizarra foi a do Mister No, que foi legal por mostrar a Ferrovia do Diabo, que realmente existe no Brasil, mas não serviu para me fazer conhecer melhor o personagem. Também não teve muita história, por assim dizer, para justificar a quantidade de páginas. 2 estrelas para uma história que me mostrou coisas que eu já conhecia, mas não me mostrou nada de um personagem que eu tinha interesse em conhecer melhor.



Para fechar o volume, temos Aventura no Canadá, boa história de Zagor mostrando um trapaceiro que uniu vários grupos de índios contra os brancos e mestiços. 4 estrelas para uma história com luta, perseguição, trapaça e bastante personagens.



Como um todo, curti o almanaque, embora algumas histórias não tenham servido para capturar novos leitores para outros personagens além de Tex e Zagor. Por fim também tivemos a propaganda de um gibi especial só do Chico, companheiro de Zagor.