sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Compras e Leituras da Semana - 5a de Janeiro

Mais uma semana, mais uma atualização do que andei fazendo.

Leituras

Essa semana terminei de ler o Especial Tio Patinhas 50 anos - Vol. 1 e o Tex Gigante 1 Reedição - O Homem de Atlanta. Então vamos ao primeiro:

Tio Patinhas Especial 50 Anos - Volume 1

Li as últimas histórias que faltavam, e os textos das seção que ainda faltavam também. As histórias foram as seguintes: Trapalhadas no Gelo, O Parque dos Piratas e O Truque do Tesouro.

Trapalhadas no Gelo
Essa primeira história eu achei a mais fraquinha das três, mas ainda assim é divertida. Mostra Patinhas e Patacôncio indo atrás de um tesouro perdido de um recém falecido colecionador. E que tesouro é mais precioso do que quadrinhos? Acho que nenhum, ainda mais quando valem milhões. Pena que após passar fome e frio, nossos heróis (Patinhas, Patacôncio e Donald) estão mortos de fome e resolvem comer papel... e só depois descobrem o valor do tesouro.


O Parque dos Piratas é uma história que eu curti bastante. Mostra Patinhas, Donald e os sobrinhos seguindo um mapa do tesouro, que acharam escondido em brinquedos de um parque de diversões, que estava abandonado em um galpão de Patinhas pediu para eles esvaziarem. Claro que onde há tesouro, há piratas, mas incrivelmente dessa vez é o Pato Donald que consegue chamar a polícia e salvar a todos. Ficam com o tesouro e a ilha, que se torna um parque temático.

O truque do tesouro
É a última história do volume, e achei bem divertida também. Nela, Patinhas está completamente surtado de estresse, e todos menos ele próprio estão cientes de que precisa de férias. Para fazê-lo sair da caixa-forte, Donald e os sobrinhos inventam um tesouro escondido para que ele saia à procura. No caminho, contam com a ajuda dos escoteiros-mirins de uma ilha, que inventam todo um roteiro para a busca do tesouro. Bem legal, e ótima pedida para fechar a leitura.


Tex Gigante Reedição 1 - O Homem de Atlanta


Eu nunca tinha lido Tex e sempre tive curiosidade pelo material. Afinal, desde que eu era pequeno sempre havia vários títulos dele ao mesmo tempo na banca, e nos sebos também sempre foi muito fácil encontrar. Sendo um fã de Western, não tinha como não matar a vontade. Eu tinha começado a uns dias atrás, tinha lido até a página 50, mais ou menos. E essa semana tirei um dia para terminar. Depois de terminado a HQ, ainda li um dos textos introdutórios que falava sobre a guerra civil americana, e outro que falava sobre o desenhista do volume. Ainda faltou a entrevista com o desenhista, essa devo ler semana que vem.


Esta história mostra Tex indo ajudar um conhecido (Johnny), que uma vez salvou a sua vida, lhe tirando de areia movediça. O motivo: levar à justiça o líder de um antigo grupo que, durante a guerra civil, matou muitos inocentes, incluindo os pais de Johnny. O bandido estava preso, mas ninguém o havia reconhecido, pois ele estava usando um nome falso, e poucas pessoas o conheciam, já que por onde passava, não costumava deixar ninguém vivo. Também estão na história: Kit, amigo de Tex, e Lola, namorada de Johnny, que é dançarina.

Olááááá enfer... digo, dançarina
Mas cuidado, ela pode ficar violenta
Devo dize que gostei bastante. Agora posso entender melhor por que Tex se mantém firme no mercado, mesmo com tantos títulos e o preço não tão convidativo assim. Recomendo comprar no sebos os Tex Gigante, pois a visualização é melhor. Para mim, folhear os Tex pequenos dá um pouco de incômodo na vista, talvez por falta de costume, ou eu que já estou com a vista meio estragada. Ainda assim, por menos de 10 reais você consegue um desses gigantes (já vi em sebos por R$7 e por R$9).

Final feliz é pros fracos, isso é Western

Robyn Hood

Capa do Robyn Hood
Quem acompanha o blog já deve ter visto a análise que eu fiz de Alice in Wonderland, publicado pela Zenescope. Esse comic é basicamente a mesma coisa: uma versão adulta, violenta e sexy de Robin Hood. Li apenas o primeiro capítulo (são 5 neste volume) e gostei bastante. A Robyn veio do mundo de Myst, o mesmo lugar que deu origem ao Jabberwocky do País das Maravilhas. E assim como Jabber, ela foi mandada para outro lugar (no caso, a Terra) ainda bebê). Assim que eu terminar, faço um review dele aqui, em um post dedicado. Já está pra sair o terceiro encadernado, e imagino que eu vá comprar. Também me interessei que saiu deles um Robyn Hood vs Red Roding Hood, isso deve ser tão legal!!!


Final do primeiro capítulo

Livros

Terminei o livro em português do Cthulhu (Histórias de Horror - O Mito de Cthulhu), e o livro 41 do Perry Rhodan: O Aliado do Gigante (um dia ainda falo sobre ele). Também li mais um pouquinho de um livro de mistério que chegou um tempo atrás, The Tale of Hill Top Farm.


Compras

Essa semana teve apenas a compra do Tio Patinhas 583.

Tio Patinhas 583
Estou com as mãos coçando para pegar os dois encadernados da Disney: O Mistério dos Signos e Dragon Lords. Ambos valem a pena, ou algum deles é meio dispensável? Também vi a belezinha abaixo na livraria: R$55,00. Se minha irmã comprar, ela tem desconto e fica por R$44,00.



Notícia

Então, talvez semana que vem o blog mude de nome. Ainda não é certo para qual, e pode ser que não seja semana que vem, mas isso deve acontecer. E além disso, minha namorada vai desenhar uma logo para mim :) Quanto a nome, ela sugeriu Me Gusta Quadrinhos. Como minha irmã e uns amigos acharam legais, pode ser que fique esse. Alguém tem alguma sugestão? Outras possibilidades seriam o nome brincar com o fato de eu ser um barbudo com orgulho, haha. Barba's Comics? Bem, vamos ver o que o futuro reserva. Isso vai ser avisado aqui e na página do google+ +Paixão por Gibis. Um bom fim de semana a todos e até mais!

11 comentários:

  1. E, por enquanto, ainda nada de Tio Patinha 50 Anos por aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que vi, a previsão para algumas regiões era fevereiro (o 1) e março (o 2)

      Excluir
  2. OI Thiago, legal essa postagem com bastante pontos para comentar. Os especiais do TP são mesmo legais, eu gostei bastante, acho que deveriam aproveitar e fazer mais especiais assim, neste formato, com outros personagens. Quanto ao Tex, que bom que leu, e viu como é. O Tex gigante traz hqs normalmente feitas por autores que não são os tradicionais da cronologia do Tex, são portanto, hqs diferenciadas, muito boas também. Uma coleção gostosa de ler do Tex é o Tex Edição em Cores, que aqui está no nº 17, e traz toda a sequencia cronológica do personagem. Ler Tex e acompanhar suas histórias é uma das coisas mais legais que faço por aqui. Quanto aos encadernados da Disney Abril, compra sim, valem a pena. Já li o dos Signos, e vou ler o dos Dragões, mas, acho que ambos devem vir parar na coleção, e que venham mais encadernados. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, o em cores parece bem interessante. Acabei optando primeiro pelo Gigante pela questão do tamanho, já que o desenho fica bem mais 'legível'. Qualquer hora pego no sebo um em cores.
      Acho que vou pegar mesmo os dois encadernados, parecem estar muito bons.

      Abraço!

      Excluir
  3. Olá, Thiago! Pra não tiver que não tive, comprei duas revistinhas mensais da Disney que já saíram há muito tempo e elas retornaram às bancas com um belo desconto. Na época eu havia perdido a oportunidade, então, quando as vi de volta por um preço ainda melhor, não pensei duas vezes - é uma mensal do Donald e outra do Zé Carioca.

    Bom saber dessas histórias do Tio Patinhas. E eu gosto muito quando a produção italiana exagera as características da avareza e ganância dele. Pelo menos eu acho divertido porque os personagens sofrem mesmo com os surtos.

    Sobre Tex, ainda não dei a chance. Olhei os lançamentos nas bancas, mas tudo muito fora da minha alçada. Tipo.... pra gastar esse dinheiro eu prefiro comprar outros do mesmo valor que estão na minha lista mental de prioridades. Mas eu sei que esse dia fatalmente chegará.

    Tenho um Julia aqui que ganhei uma vez, quando fiz compra no Planeta Gibi, mas nunca a li justamente porque a arte é detalhada demais para um formatinho bem "inho" e preto e branco. Irrita um pouco ver desenhos tão bons, porém, pequenininhos e quase misturando-se uns com os outros.

    Quanto ao nome do blogue, olha eu dando uma e xereta: PAIXÃO POR GIBIS é tão bonito!! Mas, se você quer mesmo mudar para algo que tenha mais a ver contigo, esse nome sugerido pela tua namorada é bem bacana também. Ou pode mudar a palavra "Quadrinhos" por "HQs", pra simplificar.

    Antigamente eu tive um blogue chamado Socializando Ideias. Quando eu fiz o meu BLOGUE DO URSO a ideia do nome foi exatamente colocar algo que tem a ver comigo, pois o meu tipo (homem gordinho, com pelos, com barba, bigode ou cavanhaque) é chamado de Urso. Foi assim que escolhi o nome BLOGUE DO URSO, para não colocar a breguice de BLOGUE DO FABIANO. Por que deixei o Socializando? Tive vários problemas com ele a ponto de que o lugar estava "demais" pra mim, então resolvi começar tudo do zero.

    Abraços. Boa semana!

    Fabiano Caldeira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Tex é carinho, mas ao menos aqui, é absurdamente fácil encontrar no sebo. Todos os sebos tem uma grande quantidade de quadrinhos dele.
      O a Julia eu estou interessado, mas é mais difícil achar no sebo. Acho que ambos mereciam um formato 'comics', maior e que desse pra ver e entender melhor os desenhos.

      Eu até acho legal o Paixão por Gibis, mas parece que falta algo. Essa coisa de nome é complicado mesmo, né? Achar algo que seja legal e esteja disponível.

      Abraços e boa semana pra você também!
      Thiago

      Excluir
  4. Oi Thiago, primeiro parabéns pelo blog cara, demais mesmo!!
    Também curto muito ler hqs, mas colecionar mesmo eu coleciono apenas alguns títulos (encadernados e algumas séries da Vertigo, tipo V de Vingança, Sweet Tooth, ZDM, Vikings, e por aí vai e também os gibis da Disney da década de 70 e início dos anos 80, especialmente os Disney Especial, Almanaque Disney e Edição Extra, que são os meus títulos preferidos. O difícil é achar os gibis dessa época nos sebos, mas a busca continua rsrs).
    Sobre o post, esse Tio Patinhas especial ainda quero ler, e ver a capa do Perry Rhodan me fez voltar no tempo cara, maneiro mesmo!
    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e pelo elogio.
      Colecionar realmente não dá pra guardar tudo, né? Até pela questão do espaço e tempo que leva se quiser manter os quadrinhos limpos, organizados e tudo o mais. Aqui até que é comum achar almanaques disney do meio pro final dos 80, mas anos 70 já é mais difícil mesmo. Mas vale a pena, pois os almanaques dos 70 e 80 são realmente muito bons. Eu adoro eles.

      Você lia Perry Rhodan?

      Abraços!!!

      Excluir
    2. Cheguei a ler vários do Perry Rhodan quando eu era guri. Me amarrava nas histórias e de quebra ainda assistia a série o Elo Perdido, das antigas, conhece?

      Excluir
    3. Não, essa série eu não lembro... Tinha uma outra que era legal, O Mundo Perdido.
      Perry Rhodan eu estou no 44 ainda... E dá-lhe tempo pra tanto livro, né?

      Excluir